Escolha uma Página


 

Pleno domingão e eu escolhendo laranjas em uma barraca na feira, quando do outro lado uma senhora de uns sessenta e poucos anos, empurra um menino, de uns dez anos.
Se eu tivesse piscado, tinha perdido. A mãe do garoto pulou na frente da mulher e deu-lhe uma muqueta no meio do peito, que quase a jogou no chão!
Pronto! Confusão armada!
Se estivesse gravando, teria que colocar uma trilha de fundo, porque a baixaria rolou solta. Era um tal de “sua mãe é uma santa” e “vai tomar um suco de caju”, que até eu fiquei envergonhado…
Homem falar palavrão até é normal ouvir, mas mulher? Acho que só vale entre quatro paredes, afinal de contas, ninguém é santo!
Não sei o que o garotinho fez, mas não justifica a agressão de um adulto. E a mãe, poderia ter defendido o filho, agredindo uma idosa?
Entendo a mãe, que deve ter agido por impulso, sem pensar. Mães protegem a sua cria a qualquer custo…
Pois é… E assim começou o meu domingão!